quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Resenha do filme: A Rainha Margot


A Rainha Margot 
(La Reine Margot)

1572. No castelo de Louvre, na França, o Rei de Navarra, Henrique de Bourbon, casa-se com  Marguerite de Valois, futura rainha Margot. Entretanto, o casamento arquitetado pela mãe, Catarina de Médicis, e feito para alcançar a paz na França desemboca em um massacre de protestantes, conhecido como a “Noite de São Bartolomeu”, por causa da tentativa de assassinato do Almirante Coligny, um protestante que exercia forte influência sobre o rei católico da época, Carlos IX. Prostituição, adultério e incesto temperam as diversas traições que resultaram em várias mortes pela espada ou por envenenamento, na busca pelas rédeas do poder na França. A oposição entre católicos e protestantes está presente em todo o filme, além do romance entre Margot e La Môle.
A obra foi produzida em 1994 e dirigida por Patrice Chéreau, segundo o romance de Alexandre Dumas, e conta com Isabelle Adjani (Margot), Daniel Auteuil (Henrique de Borubon), Jean-Hugues Anglade (Carlos IX), Vincent Perez (La Môle) e Virna Lisi (Catarina de Médicis) como atores principais. Além do filme, as atrizes Isabelle Adjani e Virna Lisi receberam vários prêmios e indicações.

  
Referências

CHÉREAU, Patrice. A Rainha Margot (La Reine Margot).  Alemanha, França e Itália: Miramax Filmes, 139 min., 1994.


Mauro Vieira
(Trabalho apresentado à Uni-bh como requisito à aprovação em História Moderna)


PARA BAIXAR ESTA RESENHA EM PDF CLIQUE AQUI


PARA BAIXAR O FILME CLIQUE AQUI
Megaupload - tamanho 417 Mb

Um comentário:

  1. Espero que esta resenha ajude a outros estudantes porque, quando fui tentar fazer este trabalho, encontrei poucas referências legais. Abraço a todos e bons estudos!
    www.myspace.com/maurovieira

    ResponderExcluir

Site Meter